Júri 2014


Margarida Cardoso

Realizadora e argumentista. Nasceu em Portugal e viveu até aos 12 anos em Moçambique. Tirou o curso de imagem e comunicação audiovisual da Escola António Arroio de 1983 a 95 trabalha como anotadora e assistente de realização em mais de 50 filmes portugueses e estrangeiros.

É professora do curso de Cinema, Vídeo e Comunicação Multimédia da Universidade Lusófona de Lisboa. Desde 96 que realiza filmes de ficção e documentários. Em 1999 foi premiada com o “Léopards de demain” no 52º festival de Locarno e a sua primeira longa metragem “A Costa dos Murmúrios” teve a sua primeira apresentação no festival de Veneza – Venice Days, 2004. Nos últimos anos afirmou-se como um dos nomes mais consistentes do cinema português. “Natal 71′′ , “Kuxa Kanema – O Nascimento do Cinema”, “A Costa dos Murmúrios” e a sua última longa metragem “Yvone Kane” têm em comum o tema da memória ligada a questões coloniais e pós-coloniais.

Artur Pinheiro

Nasceu em Lisboa no ano de 1972.

Em 1990 concluiu o Curso Técnico- Profissional de Artes Gráficas na Escola António Arroio, e em 1993 terminou o Bacheralato em Realização Plástica do Espectáculo, na Escola Superior de teatro e cinema. Rapidamente começou a trabalhar no Teatro, Ópera e Cinema, deixando para trás as Artes Gráficas.

Em 2001 aceitou fazer a direcção Artística de um telefilme para a SIC, “Anjo Caído” de Jorge Costa, e de uma série para a RTP, “Sociedade Anónima” de Jorge Paixão da Costa. depois começou a fazer direcção de Arte em filmes publicitários, colaborando estreitamente com Marco Martins, e a sua produtora Ministério dos Filmes, durante 3 anos. de 2004 para cá fez a direcção artística de vários projectos dos quais destaca “alice” e “como Desenhar um Circulo Perfeito”, ambos de Marco Martins, “República”, uma mini-série histórica de Jorge Paixão da Costa, e a mais recente longa metragem do realizador brasileiro Alberto Graça – ainda por estrear.

Em publicidade, trabalha não só com realizadores nacionais como com realizadores estrangeiros, dos quais destaca Vaughan Arnell, a dupla Ne-O, Ivan Bird, Floria Sigismondi e Gerard de thame.nos últimos anos voltou a trabalhar no Teatro e Dança, criando a cenografia de alguns projectos de Maroo Martins e Clara Andermatt.

Carla Henriques

Nasceu em Moçambique. É jornalista na RTP – RDP África há 17 anos, onde foi coordenadora de informação durante mais de uma década. Realiza e produz o programa semanal de rádio sobre cinema nos países de língua portuguesa – GRANDE PLANO. Colabora com o programa de cinema – CINEMAX – Antena 1 e Antena 3 . É consultora do Shortcutz Porto, júri e curadora de festivais de cinema. Colabora com a revista de arte contemporânea – Artecapital.

4/dAAUoZR4fmSg85ZKrk8M70EOvQOg0yxF0W3HL4YjUm22rQ-pmEIxwYE